sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Ultralight DX Challenge: 30 dias para realizar captações na Onda Média com rádios pequenos

Reconheço que este blogue tem andado muito parado, mas prometo que vai ter actualizações nos próximos tempos.

Decidi aceitar o desafio do irlandês Paul Logan e tentar o DX "ultralight" na Onda Média, nos próximos 30 dias. Para quem não sabe o que é o DX "ultraleve", trata-se de uma modalidade em que se utiliza um rádio pequeno e apenas a antena de ferrite incorporada no aparelho. Nada de antenas externas ou outros auxiliares; nada de rádios portáteis grandes como o Sangean ATS-909X ou o Sony ICF-SW7600GR; um receptor "nu e cru", tal como veio de fábrica. Assim, optei por utilizar o XHDATA D-808 e o Tecsun PL-380, podendo também tentar outros rádios. O desafio? Tentar registar pelo menos 300 emissões na OM.

Dado haver demasiado QRM no centro de Évora, terei poucas condições para conseguir grandes proezas no meio da semana, por maioria de razão quando vai ser imposto o recolher obrigatório e não poderei estar fora de casa depois das 23 horas, todavia tentarei num local mais sossegado aos fins-de-semana (claro que dentro de (outra) casa).

O material a utilizar vai ser simples: um ou vários rádios pequenos, um caderno e uma caneta para anotar as captações, uns auscultadores e talvez o smartphone ou o tablet mas só para consultar as listas de emissores. Ah, e um local dentro de casa sem demasiado ruído eléctrico.

A quem estiver interessado, já sabe que não é preciso muito para tentar o DX; basta um rádio de pequenas dimensões e uma forma de anotar o registo de captações. O resto, de uma forma ou de outra, é facultativo. Boa sorte a quem quiser experimentar!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Ultralight DX challenge: dia 3 / day 3: 21.11.2020

 Na semana passada não tive muitas oportunidades para tentar o DX na Onda Média (e o ruído eléctrico no centro de Évora não ajuda), mas real...